Não. Não é sobre o Sporting!... São dicas e opiniões sobre jardinagem, paisagismo, ambiente, ecologia, natureza, energias alternativas, reciclagem, etc, etc, etc...

.Vamos a votos?


Google PageRank Checker

.pesquisar:

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
www.greenpeace.pt

.ainda verditos:

. Porque amamos os animais....

. Solução de arrumação para...

. Agradecendo

. Porque amamos os animais....

. Porque amamos os animais....

. Porque amamos os animais....

. Porque amamos os animais....

. Vou de férias!

. Abriu a caça ao Voto!

. Porque amamos os animais....

. Que tal... umas férias no...

. Tão giro!

. Pequeno, mas com muita ar...

. Porque amamos os animais....

. Apelo!

.já maduros:

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.links

.tags

. todas as tags

.euVerde:

.vósVerdes:

.mundoVerde:

Locations of visitors to this page
Add to Technorati Favorites


View blog authority
blogs SAPO
RSS
Spread the Recycling Message
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Ser verde é... não desperdiçar!

No Emprego...
Não desperdiçar material só porque quem paga é o patrão.
Mesmo que o seu patrão seja muito mauzinho, desperdiçar material não é, de todo, a melhor forma de o castigar.
Muito embora o custo financeiro desse desperdício não seja directamente paga do seu bolso, poderá sê-lo indirectamente já que as consequências ambientais se irão reflectir na sua saúde, bem estar e qualidade de vida (e dos seus filhos, familiares, amigos e milhões de desconhecidos inocentes). Lembre-se que tudo aquilo que desperdiça (papel, lápis, caneta, parafuso, etc.) precisou de matéria-prima, precisou de energia para ser produzido, embalado e transportado; e, no processo, gastou recursos e gerou poluíção.
 
No Ginásio...
Não desperdiçar litros e litros de água no chuveiro. O preço da inscrição/mensalidade até pode parecer justificar o gasto, mas lembre-se que as zonas desérticas estão a avançar por todo o mundo e aqui mesmo, em Portugal, existem várias regiões em perigo; lembre-se os custos de purificação da água para que se torne potável são cada vez mais elevados (e é o consumidor quem paga!); lembre-se que os rios e fontes estão cada vez mais poluídos e os seus ecossistemas cada vez mais ameaçados; vai certamente lembrar-se de muitas outras coisas que agora me escapam, mas não esqueça aquelas pessoas que diariamente fazem dezenas de quilómetros – a pé – para ir buscar um balde de água para as suas mais básicas necessidades.
 
Na Rua...
Não deitar lixo para o chão. Isto é mais do que simplesmente ser verde – isto é não ser grunho! É coisa que não entendo: que prazer é que pode dar passar por uma rua onde vemos todo o tipo de porcaria pelo chão? E não venham dizer que não vale a pena, que ninguém tem cuidado. Ora essa, os outros ninguéns que se preocupem com eles, desde que você faça a diferença – pode ser até que haja algum ninguém que decida seguir-lhe o exemplo. Por exemplo, onde eu moro, ninguém se preocupa em retirar os cocós dos seus queridos cãozinhos, mas eu tiro os do meu e coloco no contentor - sempre. Os moradores de alguns prédios vedam os respectivos jardins para que o animais não possam ir lá “fazer as suas necessidades”, mas levam os seus cãozinhos aos jardins dos outros prédios – isto é ser o quê? Então, e eu vou ser “isso”, só porque todo o mundo ali é? Não, nem pensar! Eu tiro, não me custa nada; e pelo caminho ainda junto alguns dos papeis de publicidade que alguns “issos” resolvem atirar para a rua em vez de colocar no contentor, ou melhor ainda, no eco-ponto que é logo ali ao lado.
 
No WC Público...
Só porque não é você que paga a água e o papel será que tem mesmo que gastar 3 vezes mais do que aquilo que necessita?
 
No Automóvel...
Não acelere desalmadamente quando todo o mundo já viu que não há espaço para grandes progressões e vai ter que travar (também a fundo) logo a seguir – gastou combustível, calços de travão, embraiagem, etc. – e para quê?
Não vá de carro quando pode ir de transportes públicos – gasta combustível, aborrece-se com os outros automobilistas, queima tempo e paciência (e talvez também a carteira) à procura de estacionamento, etc.
Se não tem transportes públicos tente arranjar alguém com quem partilhar o uso da viatura – fica mais barato a ambos.
Mas para saber tudo, o melhor mesmo é consultar o blog que referi no meu post anterior...
 
Em casa...
Ah, mas em casa você não desperdiça , certo? Não, que a vida não está nada fácil!
 
Ora bem!
publicado por iGreen às 14:03
link do post | comentar | favorito
|
Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar