Não. Não é sobre o Sporting!... São dicas e opiniões sobre jardinagem, paisagismo, ambiente, ecologia, natureza, energias alternativas, reciclagem, etc, etc, etc...

.Vamos a votos?


Google PageRank Checker

.pesquisar:

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
www.greenpeace.pt

.ainda verditos:

. Porque amamos os animais....

. Solução de arrumação para...

. Agradecendo

. Porque amamos os animais....

. Porque amamos os animais....

. Porque amamos os animais....

. Porque amamos os animais....

. Vou de férias!

. Abriu a caça ao Voto!

. Porque amamos os animais....

. Que tal... umas férias no...

. Tão giro!

. Pequeno, mas com muita ar...

. Porque amamos os animais....

. Apelo!

.já maduros:

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.links

.tags

. todas as tags

.euVerde:

.vósVerdes:

.mundoVerde:

Locations of visitors to this page
Add to Technorati Favorites


View blog authority
blogs SAPO
RSS
Spread the Recycling Message
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

Toca a jardinar...

Para quem se tenha sentido inspirado pelos posts anteriores e tenha decidido começar a transformar a sua varanda num jardim, sinto-me na obrigação de deixar alguns conselhos e também alguns alertas.
 
Um jardim é uma obra permanentemente inacabada.
Um jardim, seja em terra, seja em vasos – numa varanda ou terraço, é um organismo vivo, como tal encontra-se um permanente mudança. Há plantas que crescem, há plantas que florescem, há plantas que morrem, podem surgir infestações, condições climatéricas extremas, etc., etc. ... A grande beleza da jardinagem é podermos cuidar das nossas plantas e seremos recompensados pelos nossos cuidados, com uma bela flor, com novos ramos e folhas, com filhotes... Eu considero isto como a versão arcaica dos actuais jogos de computador (nas versões de estratégia); só que muito mais natural, bonita, relaxante e imprevisível.
 
Ter sucesso com um mínimo de esforço.
Para os jardineiros menos experimentados e também para aqueles com pouco tempo disponível, é fundamental ter sucesso com um mínimo de esforço, pois os insucessos são o principal elemento de desmotivação.
É claro que não se pode comprar uma planta e um vaso, colocar a planta no vaso com um pouco mais de terra, deixa-la ficar e esperar que se mantenha saudável e linda, sem mais esforço. Vejo muitas vezes (especialmente quando um apartamento troca de morador) as varandas serem povoadas por floreiras com bonitas plantas que passado algum tempo secam e as floreiras lá ficam – vazias! O que se passa é que as pessoas escolhem as plantas em função do seu aspecto sem se informarem sobre as suas características e necessidades, que na maior parte das vezes não é compatível nem com o local, nem com a disponibilidade para cuidar delas.
 
Para quem quer começar e/ou tem pouco tempo disponível.
É fundamental, indagar junto dos centros de jardinagem as características das plantas que vos agradam em termos de tolerância a ventos e temperaturas, necessidades de água e também de fertilização. O ideal será começar com uma pequena quantidade de vasos (3 no máximo) com plantas resistentes e de cuidado fácil. Procurem plantas com ciclo de vida perene, que resistam bem à seca e ao calor (condições habituais em muitas varandas e terraços), sem grandes necessidades de fertilização, com ou sem floração conforme a preferência. Depois é só desfrutar do prazer de ter um cantinho verde onde se podem observar as alterações que vão acontecendo, as novas hastes e folhas, as que morrem, o que acontece quando tem sede, como recupera quando recebe água, o aparecimento das flores, como reage à fertilização...
 
Plantas em vasos requerem maiores cuidados.
É lógico! Em vasos as plantas requerem mais cuidados do que se plantadas directamente na terra, não só porque os recursos são muito mais limitados, mas também porque estão muito mais expostas às variações climáticas e às pragas. É necessário um maior controlo na irrigação (nem deixar secar, nem deixar encharcar!!), fertilizar com maior frequência e quando surgem pragas, atacá-las tão depressa quanto possível.
publicado por iGreen às 13:16
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De crassula a 30 de Outubro de 2007 às 15:37
Gostei imenso do blog! parabéns!
crassulando.blogspot.com
De iGreen a 2 de Novembro de 2007 às 14:51
Olá Crassula.
Mto obrigada pela tua visita e especialmente pelo comentário. Eu andava tão triste porque visitas até vão havendo algumas, mas comentário é que... quase nada!
Já agora quero dizer-te que o teu blog está na calha para ser apresentado neste espaço. descobri-o quando estava mesmo no inicio, quando andei a pesquisar sobre crassulas, (e a partir do blog do Green Man) mas estava à espera que crescesse mais um pouquinho para "agarrar" melhor os possíveis visitantes. Qd isso acontecer eu deixo-te lá um post, combinado? Obg. + 1 x.
Paula

Comentar post

Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar